14.8.2007
Ed Motta: Os melhores vinhos do Brasil

No boom do interesse por vinhos nesses últimos anos no Brasil, a maioria dos consumidores tem condescendência com muita bobagem do Chile ou Argentina, e pouca paciência em experimentar e procurar vinhos locais. O diretor Jonathan Nossiter, do documentário Mondovino, havia me alertado para a qualidade dos vinhos brasileiros num almoço da chef Roberta Sudbrack, onde ele assina a carta de vinhos. Outros incentivadores foram meus amigos que desenvolvem o site Notas de Degustação, que mostraram o vinho Minimus Anima, da vinícola Tormentas. Minha curiosidade pelos vinhos brasileiros, então, se multiplicou depois de conhecer um produto com tanta personalidade feito no Brasil. Na ocasião em que Marcos Mikulis, do Hotel Emiliano, organizou comigo uma degustação de vinhos nacionais sugeridos por Nossiter e o Notas de Degustação, convidei o mestre jedi Manoel Beato, que incluiu os vinhos da Villa Francioni, de Santa Catarina. A produção desses vinhos é minúscula e a maioria é orgânica, sem aditivos, raridades éticas. Vou dividir os comentários por produtores, e não na ordem em que degustamos.

Na mesma região do Tormentas, o município de Encruzilhada do Sul, a vinícola Angheben, do enólogo Idalencio Angheben, trabalha com castas pouco usuais no Novo Mundo, Teroldego do norte da Itália, Barbera e Touriga Nacional. O Barbera 2004 tem aromas maduros, uma simbiose curiosa de chocolate e tomate, muito bom. O Teroldego 2004 tem no nariz especiarias exóticas, cominho, acompanharia muito bem a culinária árabe - de que sou fanático desde criança. O meu tinto favorito foi o Touriga Nacional 2004, casta difundida em Portugal, aromas de caça, crina de cavalo, mostarda, e cheio na boca, um vinho surpreendente. A brut, feita pelo método clássico champenoise, foi ao lado do Touriga a grande surpresa dessa casa para mim: ótimo perlage, aromas de amêndoas com aquela torradinha dos grandes Champagne - esse é um dos melhores espumantes brasileiros. O design das garrafas do Angheben é ótimo. Eu compraria porque tem pinta de coisa boa e realmente é.

Fonte: Veja on-line
 
 
13.3.2009
Ranking dos 100 melhores vinhos da Revista Prazeres da Mesa
 
4.2.2009
Angheben, elegância nacional
 
4.2.2009
Finalmente
 
23.10.2008
Revista Prazeres da Mesa - As dicas de André Cavalcante, o sommelier que cuida das adegas da Rede Ráscal
 
24.7.2008
Revista Sexy: Vinhos Nacionais - Angheben
 
24.7.2008
Saul Galvão: Ibéricas no Brasil
 
14.11.2007
Ed Motta: De volta para a música
 
13.8.2007
Renato Machado: O Rio Grande do Sul começa a plantar a uva portuguesa Touriga Nacional
 
13.8.2007
Jonathan Nossiter: O Caçador de Vinhos